jusbrasil.com.br
24 de Junho de 2017

Porte de arma é direito constitucional

Renato Furtado
Publicado por Renato Furtado
há 2 anos

Porte de arma direito constitucional

Segundo o Art. da Constituição da Republica Federativa do Brasil é inviolável o direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Portanto temos direito ao porte de arma. O direito não quer dizer que a República te dará isso, o direito garante que a República não te tirará a vida, liberdade, igualdade, segurança e propriedade sob o qual todos já nascemos com esses direitos. O governo não criou esses direito e também nunca conseguirá te manter em segurança, no Artigo 5º apenas garante que o estado não irá acabar e nem mesmo reduzir o seu direito natural a se defender.

Porte de arma direito constitucional

Com mais armas e mais calor temos menos mortos. Conclusão socialista: o frio forma homicidas.


O direito à Vida e a Segurança são os que mais dependem de uma arma para serem exercidos, durante a segunda guerra mundial nenhum lado teve coragem de invadir a Suíça que possuía cidadãos fortemente armados. Nos Estados Unidos fica fácil de checar a diferença entre cidadãos armados e desarmados, os estados mais armados são os mais seguros. Como sempre tem pessoas que alegarão que não tem a ver com armas e sim com renda e cultura, vou comparar duas cidades gêmeas, Chicago, IL e Houston, TX, mesma renda, mesma cultura (considerando as etnias), ambas muito povoadas e populosas, porém com duas diferenças gritantes, Houston é muito mais quente e possui 184 lojas exclusivas de armas, enquanto Chicago não possui loja especializada. Houston possui uma taxa de 9,6 homicídios a cada 100.000 habitantes e Chicago 38,4 homicídios a cada 100.000 habitantes.

Porte de arma direito constitucional

Em 2003 o mensalão foi criado com uma finalidade específica, desarmar a população. Por ser uma lei inconstitucional, o governo precisou jogar muito dinheiro na mão dos parlamentares para aprovarem a lei do desarmamento e provavelmente na mão do judiciário também que se absteve de travar essa tirania. Hoje vivemos com medo, o cidadão de bem está cercado de pessoas mal intencionadas e não pode se manifestar por ter perdido a coragem de desafiar o mal que a arma lhe garantia.

Eu não consigo ver meu direito à Vida e a Segurança respeitados, o monopólio das armas é a maior violação aos direitos humanos que pode haver. Hitler e muitos outros ditadores desarmaram a população para poder escraviza-la, e é isso que vivemos hoje, 75% do nosso salário é para manter o governo. Um policial ou juiz que desarma um cidadão é um agente diabólico que pode estar condenando uma pessoa de bem a morte, e não adianta falar que está apenas seguindo a lei, essa é a desculpa mais esfarrapada que já vi, os soldados de Hitler falavam a mesma coisa na hora de levar crianças para a morte.

O Juiz Federal Odilon de Oliveira vive a 17 anos escoltado por 10 agentes que se revezam para mante-lo seguro por 24 horas. E nós não podemos portar sequer uma arma? Onde está o Direito à Igualdade? A liberdade de ir e vir está restrita aos chefes do tráfico e as milícias, o cidadão desarmado não tem como reagir aos abusos contra a liberdade e se torna refém. A propriedade deve ser respeitada, portanto o cidadão tem o direito a possuir uma arma e a levar consigo. Principalmente mulheres que estão mais sujeitas a serem estupradas e com uma arma afastariam os estupradores, mantendo a propriedade de seu próprio corpo inviolada.


Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade

http://www.hiroshibogea.com.br/encarcerado-num-bunker-juiz-federal-vive-escoltado-ha-15-anos/

39 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Em respeito à sua cidadania, você tem o direito de não reagir em casos de assalto, e ver tudo aquilo que você tanto lutou para conseguir ir embora nas mãos de desconhecidos.Tem o direito de caso assaltado e sobreviver, ficar horas nos bancos de uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência Tem o direito de festejar (sem dinheiro, sem joias, sem carro etc...) caso sua residência seja assaltada e sua família saia ilesa; tem o direito caso não tenha sorte e saia ferido em um assalto a ficar perambulando por diversos prontos socorros até conseguir ser atendido (tem o direito também a esperar pacientemente pela viatura do SUS presa em algum congestionamento ou quebrada no caminho).
Caso você se torne mais uma vítima fatal no assalto, tem o direito a que seu corpo fique exposto por horas, até que apareça uma viatura da polícia técnica e o libere para ira à sua última morada. Infelizmente esse direito não permitirá que você assista o desespero da sua família.
Em caso de estupro, tem o direito de se submeter ao vexatório exame de corpo de delito para que possa finalmente ser atendida em um pronto socorro qualquer. Com sorte, poderá usufruir do direito de ser ameaçada de morte depois pelo estuprador.
Em caso de ameaças de morte por parte de seu ex companheiro, terá o direito de morrer com um documento em suas mãos que proíba seu ex companheiro de se aproximar de você. Poderá abusar do direito de denunciar as ameaças nas delegacias e nada ver acontecer. Mesmo direito será concedido caso você se torne uma testemunha em risco de vida.
Terá direito a ligar para o telefone 190 e receber como resposta que "neste momento todas as nossas viaturas estão em atendimento e assim que possível..."
Mas caso você se oponha a ter tantos direitos e resolva andar armado para se defender, terá direito a ser considerado um transgressor e ser indiciado por "porte ilegal de arma".

É o estado garantindo os direitos do cidadão!!!
Brasil, pátria protetora! continuar lendo

Sem comentários, muito bom mesmo. Uma triste realidade. continuar lendo

Só para refletir, o Estatuto do Desarmamento é lei infraconstitucional, apenas regulamenta Princípios Constitucionais. Caso o estatuto contrariasse princípio constitucional, deveria ter sido feita uma emenda à Constituição, com duas votações amplas, em duas oportunidades distintas - o que não ocorreu
Portanto, ou nossos parlamentares entendem que a constituição proíbe, de fato, o porte de armas, ou este estatuto é inconstitucional, não tem validade - sofre de vício principiológico de origem.
Para relembrar, assim que Hitler assumiu como Chanceler, um dos seus primeiros atos, foi desarmar a população, sem plebiscito algum - temia ser combatido internamente e preso, com já havia ocorrido antes. continuar lendo

Na verdade Hiram, o plebiscito foi contra o desarmamento, mas o estado burlou a vontade do povo e criou regras "legais" que dificultaram de tal forma o porte e a posse de armas, que o resultado foi o mesmo que se o plebiscito confirmasse a proibição. Um golpe na decisão do povo, uma falta de caráter imensa, já velha conhecida nossa, por parte dos legisladores.
Nenhuma alegação dada na época sobre a redução da criminalidade pelo desarmamento se confirmou, e como não se voltou atrás da decisão de proibir o porte de armas, permanece a conclusão de má intenção do estado no desarmamento da população. continuar lendo

Excelente! Sempre fui contra o Estatuto do Desarmamento, aliás, não entendo como foi aprovado se a População votou NÃO ao fim do desarmamento. continuar lendo

Tive a infelicidade de ser roubado, e o descrito é verdadeiro, passei por isso, após um ano ainda não consegui "re-comprar" os meus bens roubados. continuar lendo

O Estatuto do desarmamento só favoreceu o criminoso, e contribuiu por deixar o cidadão sem ter como se defender em sua própria casa. continuar lendo

Nem acho que o governo do PT queira dar golpe. Apenas não aceito que pessoas que tenham segurança armada me falem sobre como é bom não ter armas e como isto traz paz e segurança. Um mínimo de moral no debate é fundamental. continuar lendo

Ótimo!!
Sempre fui contra o desarmamento.
Poréeem, acho que devia ser permitido o porte de arma para pessoas que passam por avaliações e, os estabelecimentos como boates, etc. adotar mecanismo de segurança que impeçam entrar no local com arma. Bebida, direção e arma são coisas que não combinam! continuar lendo